Sobre Seresto®

Perguntas mais frequentes

“O que é Seresto®?”
R: Seresto® é um tratamento que oferece proteção até 8 meses contra pulgas e carraças em cães. Com Seresto® não tem de se preocupar com as reaplicações mensais, uma vez que o seu cão fica protegido continuamente até 8 meses.

“Em que é que Seresto® é diferente das coleiras tradicionais?”
R: Seresto® foi desenvolvida com base em tecnologia inovadora que permite uma libertação controlada das duas substâncias ativas ao longo do tempo. Doses baixas das substâncias ativas são transferidas para a pele e pelo do cão, difundindo-se e dispersando-se por toda a camada lipídica para que o cão fique totalmente protegido.

“Em que é que Seresto® é diferente das coleiras tradicionais?”
R: Seresto® contém duas substâncias ativas: imidaclopride que mata as pulgas adultas, larvas de pulgas e piolhos (apenas em cães) - e flumetrina, que repele e mata larvas, ninfas e carraças adultas. Em conjunto, o imidaclopride e a flumetrina têm um efeito significativamente superior (chamado efeito sinérgico) em insetos vs. o que se poderia esperar somando a eficácia dos dois componentes individualmente, como demonstrado num estudo in-vitro2. Para saber como Seresto® funciona, clique aqui.

2Data on file.

“Onde posso adquirir Seresto®?”
R: Como qualquer medicamento veterinário não sujeito a receita médico-veterinária, Seresto® está disponível em Centros de Atendimento Médico-Veterinários (Consultórios, Clínicas ou Hospitais veterinários), Farmácias e locais autorizados para a venda deste tipo de medicamentos

“Encontrei o meu cão a morder a coleira, é preocupante?”
R: O perfil de segurança de Seresto® tem sido extensivamente testado, incluindo a possibilidade dos animais roerem ou ingerirem parte ou a totalidade da coleira. Na eventualidade do animal ingerir pedaços da coleira podem ocorrer sintomas gastrointestinais moderados (p. ex. fezes soltas).

Para evitar que o seu cão roa a coleira de novo, poderá ter apertá-la ligeiramente. Por favor clique aqui para mais informações.

“Seresto® pode ser utilizado em cachorros?”
R: Seresto® pode ser utilizado em cachorros a partir das 7 semanas de idade..

“Quanto tempo os donos dos animais devem esperar para colocar Seresto®, depois de terem aplicado um spot-on ?”
R: Não há necessidade imperativa de esperar entre aplicações. A coleira pode ser colocada imediatamente após a aplicação de um spot-on.

“Deve haver um espaço de tempo entre a colocação de uma nova coleira depois de terminado o tempo de utilização da anterior?”
R: Não, graças à tecnologia de libertação controlada de baixas doses, uma nova coleira pode ser aplicada imediatamente.

“Seresto® é inodora. Será que não há substâncias ativas suficientes na superfície para que seja eficaz?”
R: Não. Seresto® utiliza substâncias ativas diferentes das coleiras tradicionais que associadas à tecnologia inovadora e à forma como as substâncias ativas são libertadas permitem que Seresto® proteja os cães sem ter o cheiro desagradável que as coleiras convencionais têm.

“Com as coleiras tradicionais, os fabricantes muitas vezes recomendam "torcer" a coleira, para a ativar. Também se aplica a Seresto®?”
R: Com Seresto® não é necessário “torcer” a coleira para a ativar, nem tal é recomendado. Basta seguir as instruções de aplicação (clique aqui) e Seresto® fornece ao animal de estimação proteção imediata contra pulgas e proteção repelente contra carraças num espaço de 48 horas.

“Com o objetivo de “acelerar” a eficácia inicial, com outras coleiras recomenda-se “raspar” as mesmas na coluna vertebral e ventre do cão, a partir da cauda, antes de serem colocadas. O mesmo é válido para Seresto®?”
R: Seresto® tem um início muito rápido de eficácia, portanto, esta etapa não é necessária. Após aplicação, Seresto® oferece ao animal proteção imediata contra pulgas e proteção repelente contra carraças num espaço de 48 horas.

“O que os donos devem fazer quando a coleira está coberta de sujidade? Isso pode prejudicar a eficácia de of Seresto®?”
R: A Bayer não tem conhecimento da sujidade ter impacto na libertação das substâncias ativas de Seresto® e, portanto, na sua eficácia. No caso da coleira se sujar, pode simplesmente ser limpa com um pano húmido.

“A coleira Seresto® pode ser usada em conjunto com as coleiras regulares, sem as danificar?”
R: Seresto® pode ser usado em conjunto com uma coleira normal, pois não as danifica.

“Porque é que Seresto® tem um pó branco na superfície quando é retirada do saco protetor?”
R: O ácido esteárico é um dos componentes da coleira e pode aparecer como uma camada branca sobre a superfície da coleira. É um lubrificante que facilita a libertação da coleira do molde após o processo de produção. O ácido esteárico é seguro e também é utilizado na indústria alimentar, por exemplo, como endurecedor em confeitaria. Por isso, o pó branco não é motivo de preocupação e pode ser removido se assim o desejar

“Pode-se juntar itens (como uma trela ou um crachá) à coleira Seresto®?”
R: Seresto® foi testada com refletores de segurança especialmente desenvolvidos para as coleiras da Bayer. Os refletores são seguros e não interferem com a eficácia do produto, por isso, podem ser utilizados e colocados em Seresto®. Não foi efetuado nenhum teste para qualquer outro item, como por exemplo crachás, não sendo por isso recomendado, especialmente se cobrir a superfície da coleira. É importante que qualquer item, se fixado (incluindo os refletores) seja aplicado na parte onde não há sobreposição da coleira, para não bloquear o sistema de segurança. As trelas não devem ser colocadas na coleira Seresto® em qualquer caso, uma vez que a força exercida ao puxar o cão abriria o sistema de fecho da coleira.

“Com que frequência devem os donos verificar a folga da coleira Seresto ® num cachorro em crescimento?”
R: Não existe uma resposta universal, uma vez que os cachorros crescem a ritmos diferentes, mas recomendamos que verifique com frequência e reajuste se necessário.

“Posso retirar a coleira depois de alguns meses e reaplicá-la no ano seguinte? Será que ainda funciona?”
R: A Bayer não recomenda aos donos de animais que o façam. Isso não foi testado e pode ter impacto no nível de proteção para o animal. Para melhor proteção do seu cão, Seresto® deve ser usado todo o ano. No entanto, se Seresto® tiver que ser removido temporariamente, pode ser reaplicado no animal sem qualquer problema.

“É preciso remover a coleira se der banho ao meu cão um ou se ele for nadar?”
R: O medicamento veterinário é resistente à água; mantém-se eficaz se o animal se molhar. No entanto, deve evitar-se a exposição intensa, prolongada à água ou a lavagem extensiva com champô porque a duração da atividade pode ser reduzida. Estudos mostraram que a lavagem mensal com champô ou a imersão em água não reduz significativamente a duração da eficácia de 8 meses para as carraças após a redistribuição das substâncias activas no pêlo, enquanto que a eficácia do medicamento veterinário contra as pulgas diminui gradualmente a partir do 5º mês.

“Como devo descartar Seresto®?”
R: Qualquer medicamento veterinário não utilizado ou os seus desperdícios devem ser eliminados de acordo com a legislação em vigor. O medicamento veterinário não deve ser eliminado nos cursos de água, porque pode constituir perigo para peixes e outros organismos aquáticos.